<!-- --><style type="text/css">@import url(https://www.blogger.com/static/v1/v-css/navbar/3334278262-classic.css); div.b-mobile {display:none;} </style> </head> <body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d349152730677942783\x26blogName\x3dBlog+do+Qu%C3%ADmica\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dSILVER\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://quimicarafa.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://quimicarafa.blogspot.com/\x26vt\x3d7515166440608117177', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>




sobre links arquivo


Quantos lados uma história pode ter?
segunda-feira, 20 de dezembro de 2010, 04:15

Ansiedade extrema antes de viajar, achei que não iria mais postar até 2011, mas já não me segurei e não garanto que não haverão outros posts até o fim do ano. Segue outra mensagem de fim de ano, fechamento de ciclos.

Neste semestre eu tive a sorte de frequentar um grupo pequeno e seleto que presenciou aulas ministradas pelo Rafael Coutinho. O curso tinha o título de Quadrinhos Autoral e Publicações Independentes e foi oferecido pela Quanta.
Os encontros foram muito mais que aulas, Coutinho nos apresentou muita coisa nova, muitas referências, HQs gringas, independentes, formatos diversos, formas diferentes de se produzir e ler uma HQ, recursos técnicos,
exercícios em formas e estilo, informações sobre o mercado das HQs no Brasil. Aprendemos com ele que pra se criar uma HQ não existe fórmula, cada um cria a sua como bem entender, com os materiais que gostar, com traços grosseiros ou rebuscados, com ou sem texto e balões. Nos mostrou que uma história não tem só um lado ou uma versão e o que faz as histórias tão especiais é justamente a particularidade e experiência que cada artista passa pro papel, fazendo com que uma HQ torne-se "a sua HQ", com sua identidade gravada nela.
Nós, os alunos, também colaborávamos, levávamos nossas produções, e avaliávamos uns aos outros e o professor fazia críticas, dava toques e dicas sempre com um olhar muito diferenciado de quem já conhece e viu muita coisa, muito atento de quem deseja ver uma evolução em nossos trabalhos.
O curso chegou ao fim e ficamos com amizades e parcerias; com histórias na cabeça, na ponta do lápis ou no papel que logo ganharão o mundo pra que todos leiam, seja em formato digital ou físico; ficamos com projetos engatilhados que em 2011 tem tudo pra pipocarem por aí; e o Coutinho que, além de sempre ter sido meu xará, era apenas um artista que admirávamos, passou a ser nosso mestre e hoje é um amigo.

Abaixo, uns quadros de uma história que fiz para um exercício proposto durante as aulas em que devíamos contar uma história por dois pontos de vistas. Em breve, esta história completa, a história de uma fruta, de um produto, de uma obra de arte, de pessoas. Quantos lados uma história pode ter?

Coutinho, valeu, cara!




sobre
Rafael C. de Oliveira

Em 2001 entrei na faculdade e ganhei o apelido de Química, desde então grandes amigos me tratam assim.

Leio quadrinhos desde pequeno. Crio histórias desde pequeno. Sempre quis fazer os meus próprios quadrinhos, mas só com quase 30 anos de idade é que estou mostrando o que faço.

Todo e qualquer comentário é bem vindo, mande um e-mail para mim no quimicarafa@yahoo.com.br


<$I18NNumComments$>:

<$CommentPager$>
<$I18NCommentAuthorSaid$>

<$BlogCommentBody$>

<$BlogCommentDateTime$> <$BlogCommentDeleteIcon$>
<$CommentPager$>

<$BlogItemCreate$>

<$BlogItemFeedLinks$>

Links para esta postagem:

<$BlogBacklinkControl$> <$BlogBacklinkTitle$> <$BlogBacklinkDeleteIcon$>
<$BlogBacklinkSnippet$>
postado por <$BlogBacklinkAuthor$> @ <$BlogBacklinkDateTime$>

<$BlogItemBacklinkCreate$>

<< Página inicial

Blog do Química